Notícias



ENTENDA PORQUE VOCÊ FICA COM SONO DEPOIS DE COMER
18/03/2019
 

Uma das hipóteses é de que o fluxo sanguíneo do cérebro diminui para que o sistema digestivo funcione com maior eficiência.

Para muitas pessoas é comum sentir sono depois do almoço, por exemplo. Em alguns países, como na Espanha e na Argentina, essa necessidade é tão importante que o descanso após a refeição é praticamente obrigatório. Aliás, essa sensação de cansaço não é exclusiva do ser humano. Diversas espécies animais, incluindo insetos, passam pelo processo de alcalose pós-prandial, como é denominado cientificamente o “problema”. “A conservação desse comportamento entre as espécies sugere que é realmente importante para algo”, comentou William Ja, do Instituto de Pesquisa Scripps, nos Estados Unidos, à Time.

E por que isso acontece? Alguns estudos apresentados pela revista Time trazem várias explicações para o fenômeno. Confira.

1. Tipo de alimento

Um estudo do ano passado apontou que refeições com alto teor de gordura e carboidratos podem causar sonolência. Isso porque a ingestão excessiva de gordura e/ou carboidratos poderia causar sono por interromper o ritmo circadiano. O ciclo circadiano, como também é conhecido, é responsável por controlar o funcionamento do organismo e determinar funções importantes, como os horários para dormir e acordar. Portanto, qualquer alteração pode implicar em mudanças no corpo, incluindo no sono.

No entanto, os pesquisadores ainda não conseguiram determinar se existem alimentos específicos dentro dessas categorias capazes de provocar efeitos de fadiga pós-refeição. Enquanto isso, um estudo brasileiro realizado com caminhoneiros mostrou que manter uma dieta rica em vegetais e gorduras mais saudáveis – como as encontradas em azeite e laticínios – pode ajudar na diminuição da sonolência depois do almoço. “Nossos resultados sugerem que uma dieta saudável produz baixa sonolência durante o dia”, disse Claudia Moreno, da Universidade de São Paulo (USP), à Time.



Fonte: Veja

 

Voltar
 
 
 
wedding dress